domingo, 22 de Março de 2009

O Coração




1- Veia cava superior
2- Aurícula direita
3- Triscúpide
4-Ventrículo direito
5- Veia cava inferior
6- Artéria aorta
7-Artéria pulmonar
8-Veias pulmonares
9-Aurícula esquerda
10-Bicúspide, ou, mitral
11-Ventrículo esquerdo
12-Septo



O coração
Morfologia
Localização: na cavidade torácica na parte central. Está ligeiramente inclinado para o lado esquerdo. Limitado lateralmente pelos pulmões, na parte anterior pelo esterno e na parte posterior pelas costelas e pela coluna vertebral.

Tamanho: aproximadamente de um pulso fechado, pesa cerca de 300 gramas.
O coração é constituído por 3 camadas:


  • Endocárdio- reveste a parte interna do coração;

  • Miocárdio- camada espessa irrigada por váris vasos sanguíneos. as células do miocárdio são contínuas permitindo a passagem dos estímulos cárdicos - músculo cardíaco;

  • Pericárdio (dupla membrana)- camada mais externa.
O interior do coração está dividido em 4 cavidades.

  • 2 superiores, que são as mais pequenas - as aurículas (direita e esquerda);

  • 2 inferiores - os ventrículos (direito e esquerdo).

O lado direito do coração está divido do lado esquerdo pelo septo, que tem como função separar o sangue venoso que circula no lado direito do sangue arterial que circula no lado esquerdo.

O sangue arterial é rico em oxigénio (circula no lado esquerdo do coração) e o sangue venoso é rico em dióxido de carbono (circula no lado direito do coração) .

Existem válvulas que separam as aurículas dos ventrículos - válvulas auriculo-ventriculares. As válvulas auriculo-ventriculares só se abrem no sentido aurícula - ventriculo. À válvula do lado direito chama-se tricúspide e à do lado esquerdo chama-se bicúspide, ou, mitral.
tricúspide bicúspide, ou, mitral

Existem 2 vávulas semilunares, ou, sigmóides: a semilunar pulmonar (do lado direito) e a semilunar aórtica (do lado esquerdo), que controlam a saída do sangue dos ventrículos para as artérias, estas abrem-se apenas quando os ventrículos contraem.

semilunar, ou, sigmóide

As aurículas comunicam com as veias (va) e os ventrículos com as artérias (va).


  • Aurícula:

À aurícula direita chegam as veias cavas superior (trás o sangue da parte superior de todo o corpo) e inferior (trás o sangue da parte inferior do corpo;

À aurícula esquerda chegam 4 veias pulmonares que se subdividem em direita e esquerda para levar o sangue ao pulmão direito e ao pulmão esquerdo.



  • O ventrículo:

Do ventrículo direito parte a artéria pulmonar através da válvula semilunar pulmonar (direita).

Do ventrículo esquerdo parte a artéria aorta, que leva o sangue a todo o corpo, através da válvula semilunar aórtica (esquerda).

Fisiologia

Ciclo cardíaco

O sangue circula nos diferentes vasos sanguíneos devido às contracções do miocárdio.

Os impulsos eléctricos gerados pelo miocárdio estimulam a contracção do sangue.

O sinal eléctrico origina-se no nódulo sinoauricular (SA) localiza-do na parte superior da aurícula direita.

Quando o nódulo gera o impulso eléctrico as aurículas contraem, o impulso passa para o nódulo auriculoventricular (AV), daí para as fibras musculares do ventrículos que se contraem.

Os nódulos enviam impulsos eléctricos a uma velocidade determinada, que varia alguns segundos consoante as condições do indivíduo.




O ciclo cardáico (0,8s) tem 3 faces distintas:

  • Sístoles (que são as contração das cavidades):

- sístole auricular - 0,1s (contracção das aurículas)

- sístole ventricular - 0,3s (contracção dos ventrículos)


  • Diástole (é o período de relaxamento)

- diástole geral - 0,4s (entrada de sangue nas aurículas)


As aurículas acumulam o sangue (diástole geral) e o nódulo SA envia o sinal eléctrico para estimular a contracção das 2 aurículas em simultâneo (sístole auricular), fazendo o sangue passar para os ventrículos, que estão em repouso, os sinais eléctricos propagam-se para os ventrículos, as válvulas tricúspide e bicúspide fecham e os ventrículos contraem em simultâneo (sístole ventricular) abrindo-se assim as válvulas semilunares e passando assim o sangue para as artérias.

A pressão arterial é a pressão exercida na parede desses vasos sanguíneos quando o sangue passar para as artérias. O valor máximo corresponde à sístole ventricular e o mínimo à distole geral.


A circulação sanguínea pode ser dividida em dois circuitos:

  • circulação pulmunar - que é a pequena circulação e leva o sangue aos pulmões para oxigená-lo;

  • circulação sistémica - que é a grande circulação e leva o sangue oxigenado a todas as células do corpo.

A circulação pulmunar e a circulação sistémica o correm ao mesmo tempo.

Sem comentários: